quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Tempo...





Tempo, Tempo, Tempo, Tempo
E quando eu tiver saído
Para fora do teu círculo
Tempo, Tempo, Tempo, Tempo
Não serei, nem terás sido
Tempo, Tempo, Tempo, Tempo

“Oração ao tempo”, música de Caetano Veloso
      
             



O que seremos no amanhã 
desse tempo que já não terá sido?
Realizaremos o milagre de segurar o tempo?
Ou o tempo já nos terá levado
 tudo aquilo que haveria de ter sido?