Homens que temem mulheres sem medo...




Certa vez escrevi sobre o medo, e ao final do texto, lancei as seguintes perguntas: E você, do que tem medo? De quais foge, e quais encara? E para minha surpresa um amigo respondeu: Eu tenho medo de você.


A mulher se comunica com cada ínfimo pedaço de seu ser. Com todas as várias camadas de consciência, e suas múltiplas nuances de voz. Comunica-se com tamanha riqueza de atributos, que para alguns homens, isso deve beirar a loucura. 

Um verdadeiro sinalizador de perigo, pois já não somos mais aquelas criaturas fascinantes e confusas, insondáveis e cheias de lugares secretos. Somos o que somos. Analíticas, livres, ponderadas, centradas e cheias de vontades. 


Infelizmente ainda há homens que veem a uma mulher, como quem vê um animal selvagem. Por isso se acovarda entre o fascínio, e o terror, pois mantém um pé entre a modernidade e o outro no machismo. Uma pena!