Depois da transformação vêm a contemplação!








"Disse a flor ao pequeno príncipe: é preciso que eu suporte duas ou três larvas, se quiser conhecer as borboletas."  Em, O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry.


Tudo tem seu tempo, ritmo e período de gestação. A vida é um processo, e muitas vezes o tempo do Criador não coincide com o nosso. Mas precisamos seguir o ritmo da natureza que é tão sábia, fazendo da paciência um maior aliado. 

Às vezes para construir é preciso antes de tudo desconstruir. E isso toma um certo tempo. Mas depois, passada a dor da transformação nos encontramos prontos para a contemplação de uma nova vida.

Pense nisso....