quarta-feira, 13 de abril de 2016

Samaná - Um lugar de saudade...



                                                           


                                                                 



Estou entre um destino e o seguinte. Um não lugar entre os mundos. Uma sensação esquisita. Uma saudade gostosa.

É como se um pedacinho de mim estivesse em um outro lugar. Feito mala perdida. A vida às vezes tem disso. Quando se sai de um lugar não se chega ao outro por completo.

E assim me sinto com relação a Samaná. Talvez porque ainda esteja tão presente em minha memória e coração. Os dias que vivi e desfrutei de Samaná foram maravilhosos. Lá descobri uma cultura rica e um povo singular. Um lugar cheio de tradições, camadas de tempo, história, vida e um mar espetacular.