Círculo, elo, união!


                                                               


Círculo, forma perfeita onde dois pontos se encontram formando um elo, uma união. É onde todos podem ser vistos. Onde ninguém está à frente, ou atrás.

Também pode simbolizar o dar e receber contínuo em nossas vidas, pois enquanto estou dando com uma mão, com a outra estou recebendo.


Dar e receber. Tem pessoas que sabem dar, mas não sabem receber. E vice-versa.

Há pessoas que morrem de medo de dar, e lhes faltar. 
Há outras que estão sempre dando, e nunca nada lhes falta, ao contrário, parece que estão sempre em estado de abundância e gratidão.

Mas onde será que está o ponto de equilíbrio entre dar e receber? 
Para mim está no simples movimento que se dá quando nos entregamos de coração, ao fluxo da grande energia que rege o universo: o amor ao próximo. 

Quando passamos a conhecer a medida das coisas. Quando aprendemos a reconhecer as nossas próprias necessidades e as necessidades do outro, sem contabilizar ou cobrar.

Quando passamos a entender profundamente cada momento, e cada pessoa do jeito que se apresenta. Quando nos damos conta de que o que realmente importa, não é o dar ou receber, porque tudo faz parte de um só movimento. Dar é receber, e receber é dar. Simples assim!


Pense nisso...